Tuesday, May 13, 2008

As aparências enganam




Na locadora, selecionei um DVD chamado O Extermínio, cujo título original não tinha nada a ver com a tradução brasileira capenga (Pale Blue Moon) .
Lendo a sinopse, achei-a bem tola, mas o que me atraiu foi a palavra ALIENS: "Do lado escuro da lua, eles chegam sempre em três. Nunca em dois, nunca em quatro e, sob nenhuma circunstância, eles chegam sozinhos. Os aliens estão encenando uma invasão para acabar com a raça humana. Será uma luta feroz. Quem viver, sairá bem arranhado."
Nossa! - pensei, pode ser mais um daqueles filmes ridículos sobre invasores do espaço, mas não resisti e acabei locando.
Minha atitude foi baseada em experiências passadas, quando assisti a filmes tendo as mesmas dúvidas e acabei encontrando ótimos trabalhos, mal catalogados e muitas vezes, totalmente enterrados pela descrição imbecil, pela capa sem graça ou pelo elenco desconhecido.
Muitos cults nascem assim, obscuros nas prateleiras das locadoras e quando são transportados para a luz , mostam todo o seu brilho e originalidade.
O filme surpreende, às vezes parece meio maluco, beirando o absurdo, mas tudo vai encaixando na sequência, todas as cenas têm sentido na continuidade. Roteiro originalíssimo, atores fora do circuito de famosos mas competentes e uma final totalmente inesperado (adoro esse tipo de final!).
É uma produção independente de 2003 mas só foi lançada agora em 2008, no formato DVD, filmada em Dallas, Texas, por Mark Hosack.
A temática envolve alienígenas mas vai transmutando para temas como a dor da perda, fuga dos problemas, traumas, enfim as várias maneiras como o ser humano lida com a infelicidade. E apresenta uma explicação lógica para possíveis casos de abdução, entre as muitas que existem.
Gostando ou não de Ufologia, vale a pena assistir a esse filme, FORA DO MANUAL.

Para quem está com o inglês afiado:

From the dark side of the moon, they came for him. They always come in threes, never twos, never fours and under no condition do they ever come alone. These aliens, Mor-gons or Moonies, are staging an invasion to take over the human race.

Under the pressure Simon Applewhite is coming undone. He is arrested in Giddings, Texas, while tampering with a radio tower in an effort to block alien communication to the moon. No one believes Simon, least of all John Lefsburg, the detective in charge of taking Simon to the mental ward.

Simon believes he was infected by the creatures when he was young. He decides to kidnap the goddaughter of the man he believes to be the ambassador of the aliens before she too is infected. John Lefsburg is faced with the decision to either stop Simon or to believe in him.

John Lefsburg, a small town detective, has lost his will to live. Demoted to mundane duties, he is assigned to transport a homeless man, Simon Applewhite, to a psychiatric ward in the nearby city of Madison. Simon claims that aliens are invading the earth from the moon. His mission is to kill media mogul Frank Coen, who Simon believes is an alien staging an invasion to destroy the human race. Through a series of mishaps, John's and Simon's lives become intertwined and both must help each other in order to reconcile their troubles.

4 comments:

Mark said...

Bom Dia, Vera!

This is Mark Hosack, writer / director of Pale Blue Moon. I am so happy that you enjoyed the film! And you are absolutely right, this is a movie that gets miscatalogued. The reason is that independent dramas, like Pale Blue Moon, aren't as marketable as horror or sci-fi movies. Thank you for helping me get the word out about the film. We made it completely independently and it has been a long and hard road getting the film out there. Having positive reviews like what you wrote on your blog will help us do that! Thank you again for spreading the word. I hope all is well in Brazil. If you or anyone else has any questions about the movie, feel free to email me at:

simonapplewhite@gmail.com

You can also check out the website for Pale Blue Moon at: www.palebluemoon.com


Best,


Mark Hosack

Vera Falcão said...

Nossa! se não for uma pegadinha... I'm so happy to read this.

Mark said...

I'm so happy you enjoyed the film!

Mark

said...

Que tri, Verinha! Agora fiquei curiosa e vou dar uma espiada no filme também. Acho que é pra assistir e depois colocar o lendário cd do Pink Floyd, the dark side of the moon, pra ouvir. Beijos, Roberta