Sunday, June 6, 2010

A Máfia Médica


Sua doença é o seu aliado, não seu inimigo

Artigo publicado no "La Vanguardia" em 27/11/2002 - refere-se à uma entrevista com a ex-médica Ghislaine M. Victor Lactot Amela, autora de "A Máfia Médica", que desafia o atual sistema de saúde.

"Tenho 61 anos e nasci em Montreal (Canadá). Fui médica e hoje sou Ghislaine Lactot, médica da alma. Divorciei-me duas vezes, tenho quatro filhos (de 37e 28 anos) e quatro netos. Política? Soberania individual! Acredite em si mesmo: você é divino e se esqueceu.
A medicina moderna promove a doença, não a saúde: a denúncia sobre isso está em meu livro "A Máfia Médica".

Estou gripado, o que você me receita?
- Nada.

Nem um pouco de Frenadol?
- Por quê? Para encobrir os sintomas? Não. Cuide de seus sintomas, ouça-se! E sua alma vai lhe dar a receita.

Mas eu fico na cama ou não?
- Pergunte a si mesmo e faça o que você sente que lhe convém mais. Acredite em si mesmo!

Mas os vírus não se importam com o que eu acredito!
- Oh, agora vejo: você escolhe o papel de vítima. Sua atitude é: "Eu peguei a gripe. Eu sou uma vítima de um vírus. Preciso de remédio"!

Claro que sim, como todos...
- Bem, aí está... Minha atitude seria: "Eu me dei uma gripe de presente. Eu sou o responsável! Devo me cuidar um pouco". E eu gostaria de ir para a cama, repousaria, relaxaria, meditaria um pouco sobre como eu tenho me maltratado ultimamente...

V. se deu uma gripe de presente, você diz?
- Sim! Sua doença vem de você, e não de fora. A doença é um presente que você faz para se encontrar consigo mesmo.

Mas ninguém quer uma doença...
- A doença reflete uma desarmonia interna em sua alma. Sua doença é o seu aliado, sinaliza que olhe para sua alma e veja o que acontece com você. Agradeça, pois lhe dá a oportunidade de fazer as pazes com você mesmo!

Talvez o mais prático fosse um comprimido...
- Fazer a guerra contra a doença? Isso é o que sugere a medicina de hoje, e as guerras matam, sempre trazem a morte.

Não me diga agora que a medicina mata...
- Um terço das pessoas hospitalizadas o são pelo efeito dos medicamentos! Nos Estados Unidos, 700.000 pessoas morrem anualmente por causa dos efeitos colaterais dos medicamentos e dos tratamentos hospitalares.

Morreriam do mesmo jeito sem medicação, ora.
- Não. Não se mudarmos o foco: a medicina moderna se esqueceu da saúde, é uma medicina da doença e da morte! Não é uma medicina da saúde e da vida.

Medicina da doença? Esclareça!...
- Na China antiga, um acupunturista era demitido se o seu paciente ficasse doente. Ou seja, o médico cuidava de sua saúde! Entende? Toda nossa medicina é, portanto, um fracasso total.

Prefere remédios alternativos, por quê?
- Eles respeitam mais o corpo que a medicina industrial, é claro: a homeopatia (será a medicina do século XXI!) Acupuntura, fitoterapia, reflexoterapia, massoterapia... a prática da yoga... a meditação... são mais baratos... e bem menos perigosos.

Mas eles não salvam ninguém do câncer.
- Diga isso à medicina convencional! Ela o salvaria de um câncer?

Pode fazer isso, sim.
- O que fará com certeza é lhe envenenar com coquetéis químicos, lhe queimar com radiação, lhe mutilar com extirpações...
E, ainda por cima, a cada dia há mais câncer! Por quê? Porque as pessoas vivem esquecendo sua alma (que é divina): a paz de sua alma será a sua saúde, porque seu corpo é o reflexo material da sua alma. Se você se reencontrar com sua alma, se estiver em paz com ela... não haverá câncer!

Belas palavras, mas se seu filho tivesse câncer, o que você faria?
- Alimentaria sua fé em si mesmo: isso fortalece o sistema imunológico, o que afasta o câncer. O medo é o pior inimigo! O medo compromete a sua autodefesa. Nada de medo, nada de se render ao câncer! Tranqüilidade, convicção, delicadeza, terapias suaves...

Desculpe-me, mas faz mais sentido ir a um oncologista, um médico especialista.
- A medicina convencional só deve ser o último recurso, o extremo mesmo... E se sua alma estiver em paz, você nunca irá precisar dela.

Bem, tenhamos então a alma em paz... mas, se por acaso encontrarem a vacina.
- Não! Elas são produzidas com células de ovário de hamster cancerizadas para multiplicá-las e cultivá-las em um soro de bezerro estabilizado com alumínio (Este da hepatite B, com seu vírus): Você injetaria seus filhos com isso?

Já tenho feito isso várias vezes...
- E eu com os meus: Eu era médica, mas ainda não sabia o que sei agora ... No entanto, hoje meus filhos já não vacinam a seus filhos!

Acho que vou continuar com as vacinas...
- Por quê? A medicina atual mata moscas com um martelo: nem sempre morre a mosca, mas sempre se quebra a mesa de cristal. Há tantos efeitos colaterais...

Por que abominou a medicina?
-Tornei-me uma médica para ajudar. Eu me concentrei em Flebologia, as veias varicosas. Cheguei a ter várias clínicas. Mas fui percebendo o poder mafioso na indústria médica, que prejudica nossa saúde, que vive à custa de que estejamos doentes! Denunciei isso... e fui expulsa da faculdade de Medicina.

Ou seja, você já não pode prescrever remédios...
- Melhor! Os medicamentos são fabricados pensando na lógica industrial do máximo benefício econômico, e não pensando em nossa saúde. Pelo contrário: se estamos doentes, a máfia médica continua fazendo dinheiro!

E a quem interessa a "máfia médica"?
- À Organização Mundial de Saúde (OMS), às multinacionais farmacêuticas que a financiam, aos governos obedientes, aos hospitais e médicos (muitos por ignorância)... O que está por trás disso? O dinheiro!

Você não escolhe nenhum inimigo pequeno...
- Eu sei, porém, se eu tivesse me calado, teria ficado doente e hoje estaria morta.

Qual foi sua última doença?
- Dois dias atrás, heheee... uma diarréia!

E para refletir o que em sua alma?
- Oh, eu não sei, eu não analisei... simplesmente limitei-me a não comer... E já me sinto bem!

Mas, e se ficar muito mal, hein?
- Sei, sei... Se a doença for visitá-lo, acolha-a, abrace-a! Faça as pazes com ela! Não saia correndo como louco para encontrar um médico, um salvador... Seu salvador vive dentro de você. Seu salvador é você. Você é Deus!

11 comments:

Ian said...

por favor..me adiciona no msn?
dj-ekuringa@hotmail.com
seu blog é ótimo!

Mary said...

muito bom como sempre Verinha! teria esse livro em e-book? achei muito interessante o conteúdo...bjos..

Vera Falcão said...

Oi, Mary, o livro é excelente, a Fátima tem postado vários trechos dele lá na "O lado escuro das vacinas", talvez ela possa te informar melhor já que tem acesso a um exemplar (fiz uma pesquisa rápida por aí e não encontrei...) bjos

Julia Pierri said...

Recomendo a palestra da médca Mônica Medeiros no youtube, "Medicina e
Extraterrestre". As informações que ela passa são fundamentais.

Maria Moreira said...

Oi Vera

Uma pergunta: eu fui vacinada contra tudo e mais alguma coisa (quando li a descrição dos componentes da vacina contra a hepatite B até me arrepiei... levei vacina contra isso e mais umas 3 doses passados uns anos...). A minha pergunta é: haverá alguma coisa para tirar esses resíduos de vacinas (mais o que já fizeram de ruim no corpo)fora do organismo? Se sim, o quê?

Um abraço,

Maria (a da Noruega rsrsrs).

Vera Falcão said...

Oi, MM, alguns homeopatas usam medicamentos para retirar metais pesados do organismo e também a medicina ortomolecular faz alguma coisa a respeito. Veja também aqui: http://www.taps.org.br/Paginas/medmedic06.html
E aqui:
http://www.taps.org.br/Paginas/meiopoquim03.html

abraço!

Maria Moreira said...

Valeu, Vera, obrigada! :)

Aquele abraço!

Paula Correia said...

Acredito que as vacinas não são tão eficazes como dizem, e até pode ter efeitos secundários graves,porque eles não pubicam os efeitos secundários das vacinas?porque não publicam quais são os ingredientes das vacinas? porque os medicos não registam os sintomas das crianças depois das vacinas? Vou dar 2 exemplos: em Portugal uma grávida de 8 meses foi vacinada com a vacina da gripe A, no dia seguinte ela sentiu o feto a se mexer muito, no 3º dia ela abortou e a ministra da saúde teve a lata de dizer que o aborto não tinha nada haver com a vacina! acho que o povo não acreditou nesta afirmação, o povo não é tonto, nos estados unidos houve 3500 abortos associados a esta vacina da gripe A.
Em, Espanha houve uma menina que foi vacina com o papilomavirus, 10 minutos depois teve graves convulsões e ficou 3 meses internada, o médico dize aos pais que as convulsões não estava relacionado com a vacina e pediu aos pais para não comentar o sucedido a ninguem, não comprendo porque os médicos não associam estes sintomas posvacinais às vacinas.
Em Barcelona um bebe foi diagnósticado com meningite e duas semanas antes tinha sido vacinado com a vacina da meningite, o médico dice que a doença do bebe não estava relacionada com a vacina!!! todas estas crianças eram 100% saudáveis antes de vacinar.
O problema é que os médicos não registam os sintomas que as crianças têm depois das vacinas, assim se não há registo como sabemos se a vacina é segura ou não?
Se fosse realizado um estudo independente e registar as doenças entre crianças vacinadas e não vacinadas, chegariamos à conclusão que as vacinas são ineficazes e até prejudiciais.
Alguem acredita que injectando mercurio (toxico para o sistema nervoso) em um bebe de 1 mês não faz mal???? Os pais nem querem saber o que esta na seringa????
Os pais têm que ser mais responsáveis com a saúde dos filhos e procurar informação cientifica, objetiva e independente.

Vera Falcão said...

Paula, concordo com tudo que dissestes... obviamente, os médicos que recomendam a vacinação não irão, mais tarde, se houver sequelas, admitirem que elas são provenientes das vacinas... raros casos até agora foram aceitos, judicialmente, tendo a vacina como vilã. Mas estão acontecendo tantas sequelas que irá chegar um momento em que isso virá a público e terá que ser encarado como real - lamentável que tantos sofreram e sofrem antes que tal aconteça... A maioria dos pais desconhece a composição das vacinas, nem querem saber, confiam cegamente em quem manda tomá-las.

kurt180 said...

Muito bom eu recomendo lerem tbm...
https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=3&ved=0CD0QFjAC&url=http%3A%2F%2Fwww.taps.org.br%2Fpdf%2FVacinao%2520A%2520Verdade%2520Oculta.pdf&ei=rzTwUbnzKJGe9QSe64HoAw&usg=AFQjCNEjyIymWpy49--Ss--poMwSfIVQOw&sig2=9SDR098qy7TfpY3ViYZ0-g&bvm=bv.49641647,d.eWU

Vera Falcão said...

Sim, kurt 180, Vacinação: A Verdade Oculta é um ótimo vídeo e a reprodução do texto nesse link que passastes (podem clicar sem medo, já conferi... rs) é muito esclarecedora.