Sunday, September 28, 2008

A evolução da resistência das bactérias



Está se tornando mais difícil tratar doenças com remédios alopáticos... e a indústria farmacêutica continua, incansavelmente, a produzi-los em enormes quantidades!

Porque que é que as infecções resistentes aos antibióticos são perigosas?

Estes tipos de bactérias são particularmente perigosos, porque deixam freqüentemente o médico limitado a uma escolha muito restrita, ou mesmo sem escolha, em relação ao antibiótico a receitar para curar a infecção do seu doente. Os médicos vêem-se às vezes na dificuldade de tentarem encontrar uma combinação pouco vulgar de antibióticos, ou até agentes antimicrobianos experimentais para tratar a infecção.

Como é que as bactérias se tornam resistentes aos antibióticos?

Muitas pessoas pensam que a resistência aos antibióticos é somente um problema dos que abusam dos antibióticos, mas isso não é verdade. Quando as pessoas não fazem um uso correto dos antibióticos, é a saúde pública que está em risco. Mesmo que já não tome antibióticos há muito tempo, uma infecção causada por bactérias resistentes pode ser mais difícil de tratar.

Quando expostas a um antibiótico, as bactérias têm geralmente duas opções:

Mutação - as bactérias mudam a sua estrutura; o antibiótico já não consegue penetrar na bactéria nem acoplar-se à sua superfície.

Adquirir novos genes - as bactérias produzem novas enzimas (proteínas) que desativam ou destroem mesmo o antibiótico. Consequentemente, em vez de erradicar a infecção completamente, o antibiótico mata somente os organismos mais fracos e não resistentes, deixando os seus parceiros mais resistentes para se multiplicarem e espalharem os genes que inicialmente asseguraram a sua sobrevivência. A resistência desenvolve-se ao longo do tempo, enquanto as novas gerações de bactérias se tornam mais fortes - um problema agravado pelo abuso, uso errado e exagerado dos antibióticos.

Que tipos de resistência aos antibióticos foram já detectados?

MRSA - Staphylococcus aureus Resistente à Meticilina

Estas bactérias tornaram-se resistentes à meticilina, à nafcilina, à oxacilina, à cloxacilina, à dicloxacilina, ao imipenem e às cefalosporinas, que são os antibióticos usuais para tratar infecções por Staphylococcus aureus. Consequentemente, têm de ser usados antibióticos mais tóxicos e mais caros (por exemplo, vancomicina).

VRE - Enterococcus Resistente à Vancomicina

Estirpes que desenvolveram a resistência a muitos antibióticos geralmente usados, mas mais especificamente, à vancomicina, que tem sido desde há muitos anos a última linha de defesa de encontro a estas infecções. Os enterococos são bactérias vulgares que se encontram naturalmente no nosso intestino, mas podem tornar-se prejudiciais se o corpo se encontrar já enfraquecido pela doença (ex.: doentes que se encontram internados no hospital por outros motivos, e ficam infectados por estas bactérias).

PR - Resistência à Penicilina

Bactérias resistentes ao efeito da penicilina Historicamente, o Streptococcus pneumoniae era uniformemente susceptível à penicilina (bactérias responsáveis pela meningite, pneumonia, otite média, sinusite e bacteremia – bactérias no sangue – nos adultos e nas crianças) Isto constitui um grave problema para as pessoas idosas, para os bebês, e todos os que têm problemas crônicos subjacentes ou sistemas imunitários enfraquecidos.

Pais deveriam pensar muito antes de ministrar
antibióticos a seus filhos: alguns basta a criança emitir O PRIMEIRO ESPIRRO ou manifestar-se UMA LEVE ALTERAÇÃO DE TEMPERATURA e já dão antibiótico, muitas vezes "receitado" por eles mesmos.

Esse também é um hábito regular em alas de atendimento emergencial e postos de saúde, sempre abarrotados de doentes, principalmente crianças e idosos, os mais frágeis e suscetíveis aos problemas apresentados no texto.

Seria eu totalmente CONTRA ANTIBIÓTICOS?

Não, em algumas situações eles são necessários, por exemplo, quando uma doença já fugiu do controle (o processo de cura utilizado não foi eficiente por N causas), ele pode cortar a infeceção, mas isso está tornando-se cada vez mais difícil, como os próprios médicos estão reconhecendo.Por isso, ultimamente, quando levam as crianças ao atendimento tradicional, o diagnóstico geralmente é "virose", ou seja, não conseguem mais identificar as doenças...

Aliás, vcs sabem a diferença entre bactéria e vírus?
Vou postar outro artigo escalarecedor.

Infecções bacterianas vs. infecções virais:
qual a diferença?


Tanto as infecções virais como as bacterianas fazem-no sentir doente, e muitos dos sintomas são idênticos.

Qual a diferença entre uma infecção viral e uma infecção bacteriana?

Uma doença provocada pelo vírus da gripe, ou constipação, geralmente dura apenas até 10 dias, enquanto as doenças causadas por bactérias geralmente duram mais de duas semanas.

Os sintomas da constipação e gripe, incluindo o nariz congestionado, olhos inflamados, tosse seca, dor de garganta, arrepios e dores, são causados por vírus e não por bactérias.

Adultos que têm uma garganta inflamada sem febre significativa e sem “pontos brancos”, muito provavelmente não têm uma infecção bacteriana? (O mais provável é que a doença tenha sido causada por um vírus.)

A maior parte das tosses não precisa de antibiótico. LEMBREM-SE – Se os seus sintomas sugerem uma infecção viral, os antibióticos não terão efeito.

LEMBREM-SE – Os antibióticos só devem ser usados quando forem realmente necessários - para curar uma infecção bacteriana - e receitados por MÉDICO; mas se vc quiser realmente afastar-se do uso de ANTIBIÓTICOS (mesmo que isso possa levar algum tempo), procure um MÉDICO HOMEOPATA UNICISTA.

6 comments:

Maria said...

Viva, Vera, bom dia

Tenho acompanhado o seu blog com muito interesse (e tenho aprendido muito também).

Como não sei onde colocar esse comentário, resolvi deixá-lo aqui: gostaria de ter a sua opinião em relação a filmes realizados por Aaron Russo com opiniões em relação ao sistema bancário e ao facto de banqueiros poderosos quererem tomar o controle do mundo através de um conceito chamado "New World Order" (Nova Ordem Mundial)... parece uma ideia totalmente disparatada mas... se analisarmos as palavras dele... chegaremos à conclusão que talvez seja uma realidade que deveremos combater. Veja, por favor, esses links:

http://video.google.com/videoplay?docid=5420753830426590918&ei=0V_kSKivMoeuiAKEhomgCw&q=aaron+russo

http://video.google.com/videoplay?docid=-7293595494223695612&vt=lf&hl=pt-PT

http://www.youtube.com/watch?v=NbhzgZqWt8k
(este filme está dividido em 8 partes)

http://www.youtube.com/watch?v=3ueEfRXZCVA
(este filme está dividido em 11 partes)

Há mais... se eles captarem a sua atenção. Pesquise também. Analise. Opine. Aja.

Obrigada pela atenção a esta mensagem. Continue a fazer o que tem feito: alertar as pessoas, esclarecê-las... fazê-las despertar deste «sono»...

Maria said...

Esqueci esse link de uma notícia saída hoje num jornal:

http://dn.sapo.pt/2008/10/02/opiniao/a_crise_comeca_a_mudar_a_democracia.html

Vera Falcão said...

Olá, maria, vou pesquisar suas indicações e depois te passo o que achei a respeito, ok?
obrigada por participar e me oferecer novas perspectivas... o ideal é a troca de figurinhas, a estrada com duas vias etc.
abraço

Maria said...

Viva Vera

Esqueci de dizer que os vídeos estão todos em inglês e sem legendas (subtítulos) em português. Veja esses websites:

http://www.freerepublic.com/tag/obamatruthfile/index?tab=articles

http://www.restoretherepublic.com/

http://www.restoretherepublic.com/top-stories/universal-voluntary-public-service-proposed-by-obama (Universal Voluntary Public Service proposed by Obama)

http://www.barackobama.com/issues/service/ (Enable All Americans to Serve)

" Expand Corporation for National and Community Service: Obama and Biden will expand AmeriCorps from 75,000 slots today to 250,000 and they will focus this expansion on addressing the great challenges facing the nation. They will establish a Classroom Corps to help teachers and students, with a priority placed on underserved schools; a Health Corps to improve public health outreach; a Clean Energy Corps to conduct weatherization and renewable energy projects; a Veterans Corps to assist veterans at hospitals, nursing homes and homeless shelters; and a Homeland Security Corps to help communities plan, prepare for and respond to emergencies. "

"Corp" = Corporation...
"serve" = serfs... tudo chipado... tudo controlado debaixo de apertada vigilância... daqui a 2anos querem implementar um mecanismo para obrigar os viajantes a fazer um "strip-tease" virtual nos aeroportos da União Europeia... é tudo como os banqueiros querem... depois de tudo estar implementado nos EUA... a estar no resto do mundo será «um passo»... ou estarei errada?

Eu quero estar errada.

O que você acha??

O que poderemos fazer???

Maria said...

Oi Vera

Desculpe estar insistindo, você deve ter uma vida super ocupada mas fiquei curiosa com a sua opinião em respeito ao que enviei sobre os filmes de Aaron Russo e toda a informação (há muita mais claro) sobre «Nova Ordem Mundial»... você disse que me passaria o que tivesse achado... não esquece por favor...

Abraço

Vera Falcão said...

Maria, vou estudar toda essa informação durante o fim-de-semana, ok? tenha mais um pouquinho de paciência... rs