Thursday, August 13, 2009

Opressão dos militares na Birmânia



A Prêmio Nobel da Paz e ícone pró-democracia da Birmânia, Aung San Suu Kyi foi sentenciada esta semana a mais um ano e meio de prisão.


"O caso da Aung San Suu Kyi é só uma fração da brutalidade do regime militar da Birmânia: são 40 anos de assassinatos, tortura, estupro em massa e trabalho escravo.

Chegou a hora de levarmos os generais da Birmânia ao tribunal.
A Avaaz está lançando um chamado para o Conselho de Segurança da ONU pedindo a investigação da junta militar por crimes contra a humanidade.
Um veredicto culpado poderá indiciar generais de alto escalão, deixando claro para a junta que eles não ficarão impunes pelas atrocidades que cometeram."

Clique abaixo para assinar a petição e ver o banner que será colocado na frente da ONU:

http://www.avaaz.org/po/jail_the_generals

PARTICIPEM!

2 comments:

Janaína said...

Parabéns Vera! Muito esclarecedor e informativo o seu Blog.
Gostei demais.

Vera Falcão said...

Obrigada, Janaína, apareça mais vezes!