Thursday, July 8, 2010

O golpe da barriga


Bem conhecida é a prática que algumas mulheres seguem, de conquistar um homem ou uma posição financeira avantajada "pela força", ou seja, engravidando do incauto e colocando o sujeito contra a parede. Ultimamente, essa prática tornou-se uma praga, com jovens correndo atrás de atletas, principalmente do futebol, músicos (os cantores de pagode são os mais requisitados) e outras celebridades com gordas contas bancárias e nome constante na mídia (até Mick Jagger caiu nessa...).

Buscando maneira fácil de melhorar de vida, as alpinistas sociais fazem um rodízio com vários pretendentes, participando de festinhas de embalo (nooossa, essa expressão é antiga, mas não resisti...) e atirando para todos os lados, feito metralhadora giratória. Mais tarde, quando a barriga aparece e a criança nasce, o negócio é torcer para o exame de DNA dar positivo e abrir o processo para por as mãos numa vultuosa pensão "para a criança".

Geralmente, as garotas têm sucesso nessa empreitada. Mas, nas últimas semanas, parece que uma delas deu-se muito mal nessa jogada. Aos poucos, as investigações foram desvendando que a moça foi agredida, esquartejada, partes de seu corpo foram oferecidas para os cães comerem e as que restaram, misturadas na obra de uma construção.

Não vem ao caso citar nomes, porque todo mundo deve estar acompanhando a história do jogador de futebol que foi procurado pela ex-amante, com um bebê no colo, dizendo ser ele o pai e, obviamente, querendo que assumisse a paternidade.
Desta vez, em lugar de encarar a responsabilidade, o sujeito decidiu apagar a "prova do crime", mas lavou as mãos, entregando a tarefa para terceiros. Por sorte, não foram cruéis o bastante e salvaram a criança, que está com o avô.
Ainda não encontraram os restos mortais da jovem, mas parece que é uma questão de tempo...

Longe de mim, querer afirmar que o aconteceu com ela foi um castigo!
Mas o ocorrido me fez pensar que, às vezes, um caminho mais curto pode transformar-se no mais longo, ou pior ainda, num salto para o vazio!
Na verdade, essa tentativa de ganhar status rapidamente é bem arriscada; além de pegar um maluco pela frente, pode haver um confronto perigoso com as mulheres oficiais, que podem ser bastante rancorosas e/ou vingativas.
Infelizmente, a história da Cinderela século XXI teve um final infeliz... e restou uma criança sem mãe e com o pai, certamente, passando uma boa parte de seus dias atrás das grades.

Atualizando: Li há pouco que a guarda da criança foi transferida para a avó, porque o avô recebeu condenação por estuprar uma menina de 10 anos! Afff... a civilização está agonizando mesmo!

2 comments:

J said...

Nao tenho cachinhos portanto deixo um oi
:)
só nao concordo que os tais jogadores de futebol, cantores de pagode e etc sao inocentes... afinal de contas, filho nao se faz sozinho e se eles cairam na armadilha do "eu uso pílula, pode confiar"
tem mesmo de arcar com as consequências !

:-)

Vera Falcão said...

J, eu não diria inocentes, mas otários... rs... valeu o oi!